domingo, 24 de outubro de 2010

Tenho dito


O dever de não basearmos as nossas opiniões em opiniões alheias.
O direito de não conseguirmos opinar de forma clara sobre um livro.
O dever/direito de não gostarmos de algum livro só porque nos disseram para gostar. 

6 comentários:

Ana C. Nunes disse...

Estou de pleno acordo.

Arisu disse...

So true

Kel disse...

APOIADO! :D

Rui Bastos disse...

Merci ^^

Beguinha disse...

Às vezes partimos completamente condicionados para a leitura de um livro, às vezes quando nos obrigamos a gostar porque alguém gostou e até costumamos concordar com as opiniões desse alguém. Mas a leitura de um livro tem de ser um acto pessoal, único, completamente solitário. Estamos nós e o livro, o livro para nós. Então, no fim, a opinião tem de ser somente nossa. Livre de condicionalismos e opiniões alheias.

Rui Bastos disse...

É isso mesmo ^^