segunda-feira, 22 de abril de 2013

Saga of The Swamp Thing

Título: Saga of The Swamp Thing
Autor: Alan Moore
Desenhador: Stephen Bissette
Colorista: John Totleben


Opinião: Desde que li o Watchmen (que anda a pedir uma releitura para breve...) que me tornei fã incondicional de Alan Moore. E este livro apenas veio reforçar essa admiração.


A história do próprio livro, e da personagem, é por si só bastante interessante. Praticamente perdida e condenada a ser descontinuada antes de Alan Moore pegar nela, o escritor deu-lhe uma reviravolta e um novo fôlego como só ele teria sido capaz de fazer.

Aquilo que podem encontrar em Saga of The Swamp Thing é uma história de terror daquelas que é difícil de encontrar, hoje em dia. Moore consegue pegar no passado da personagem e usá-lo para a mudança que introduz, dando um novo rumo à personagem, completamente diferente do que tinha seguido até aí, sem nunca negar ou alterar o seu passado. E faz isto enquanto desenvolve uma história com momentos verdadeiramente tenebrosos.

Logo nas primeiras páginas, narradas por uma das personagens, pode-se encontrar uma autêntica lição sobre como escrever uma história de terror com princípio, meio e fim. Jason Woodrue, o Floronic Man, começa a história perto do fim, introduzindo o leitor de imediato num mundo e numa situação que lhe é estranha. Só depois é que começa a explicar o início, o que foi acontecendo, com intensidade crescente, até retomar onde começou, para acabar em glória. E ainda só se passaram 23 páginas.

O livro acaba por ser mais sobre a condição do Swamp Thing enquanto monstro/herói/pessoa: a qual das categorias é que ele pertence? Ou terá que aceitar várias? A verdade é que tem que perceber que só aceitando que não é, de todo, humano, é que pode ficar em paz consigo mesmo. Ao longo das várias páginas o leitor vai percebendo, juntamente com a personagem, que a condição de monstro-herói definitivamente não humano é a mais correcta, e que ou o Swamp Thing aceita esse facto, ou mais vale desistir e deixar-se morrer.

E ainda que termine com uma segunda parte mais fraca, o renascimento em pleno de Swamp Thing é um momento brutal, bem como a crescente loucura do Floronic Man, duas situações que decorrem de certa forma em paralelo, com a loucura de um a curar a loucura de outro. Moore descreve estas loucuras de forma genial, o que faz com que alguns dos melhores momentos de todo o livro se fundamentem nelas.

Interessante até ao fim, Saga of The Swamp Thing é um livro brilhante enquanto BD, história de terror e literatura em geral. Na realidade, é das poucas obras de BD a juntar-se a Watchmen na minha lista de "melhores livros que já li". É assim tão bom e fascinante.

8 comentários:

Ana/Jorge/Rafa/Júlia disse...

Mais uma obra que confirma que existe BD capaz de ombrear com literatura "a sério" e que ainda aguça mais a minha curiosidade para ler algo do Alan Moore...Nomeadamente Watchmen...Nomeadamente o teu xD

Jorge

Rui Bastos disse...

Este e o Watchmen são livros que na minha opinião ainda vencem a muitos livros de "literatura a sério" que já li!

E parece-me que ainda terás que aguardar, mas eventualmente consegues ler o livro...

Pedro disse...

Tenho de começar a ler mais BD. Acabo sempre por optar por outras leituras, quando até me fascina este mundo...


Tu com "loucura", "terror", e eu a olhar para a capa e a pensar "oh, que fofinho" xD

Rui Bastos disse...

Mas é fixe! E a vantagem da BD é que dá perfeitamente para acompanhar com outros livros que já costumamos ler...

Nuno Amado disse...

Aconselho esta série (já concluída)a toda a gente. São 6 volumes de óptima narrativa.
Quanto a obras que "rivalizem" com os livros de "literatura a sério"... bem, são tantas... digamos que as pessoas têm de aprender a ler banda desenhada primeiro. Ler BD não é ler os balões e olhar "pós bonecos". Para se ler BD a série é necessário algum treino para conseguir abarcar uma vinheta ou uma página, perder tempo nos pormenores... enquanto que num livro normal uma descrição de uma paisagem, do aposento de uma casa ou de uma cena de acção pode durar 5 páginas, num livro de BD isso se calhar está tudo numa página. Porquê? Porque não está escrito, está lá desenhado! Mas é preciso olhar para o desenho e descobrir isso mesmo, coisa que por norma o leitor casual não perde tempo... nem 2 segundos! Depois diz que um livro de BD se lê em 5 minutos! Nada mais errado.
Quem quiser livros melhores que Watchman, bem há tantos! Nem achei assim Watchman tão extraordinário!
Para quem quiser experimentar algo de diferente aconselho assim de repente e sem pensar muito uma obra de cada ponto geográfico tipo:
- Manga: Pluto
- EUA: Habibi
- Europa: Três Sombras
Assim de repente e sem pensar muito...
;)

Abraço

Rui Bastos disse...

Eu comecei agora a descobrir a BD mais a sério, para dizer a verdade... Portanto não é de estranhar que com cada bom livro que apanhe, "FANTÁSTICO! ESTOU ASSOBERBADO!" :p

Mas concordo com tudo o que dizes, e é algo que ainda estou a aprender, mas noto que demoro cada vez mais a ler BD, gosto de ficar a ver os pormenores, a olhar bem para tudo, a tentar não perder nada... É realmente fenomenal.

Contudo, acho que o Watchmen é realmente um livro fora de série. Será difícil alguém convencer-me que o capítulo do Dr Manhattan em Marte, com a time stream toda emaranhada, não é das melhores coisas que já vi/li em toda a literatura!

Desses 3 que aconselhas, só não conheço o Pluto, que os outros 2 estão na minha lista :)

Nuno Amado disse...

Os leitores de BD em Portugal pouco conhecem da boa Manga. Ligam sempre Manga a Dragon Ball, Naruto, olhos grandes, etc, etc...
Existe Manga de qualidade superior, autênticos tratados de Banda Desenhada de grande substância. Pluto é um desses exemplos. Mas posso dar-te outro... acabei agora de ler mais de 1000 páginas de pura magia, a Banda desenhada no seu melhor em todas as suas vertentes:
- Nausicaä of the Valley of the Wind
Maravilhoso!
A Box Set está de novo disponível, esgotou em 3 ou 4 meses e já está acessível outra vez no Amazon. Esta edição de luxo está por um preço óptimo no Amazon (35 dólares). Dois volumes (1104 páginas no total) com caixa + poster:

http://www.amazon.com/Nausica%C3%A4-Valley-Wind-Box-Set/dp/1421550644/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1367866264&sr=8-1&keywords=nausicaa+of+the+valley+of+the+wind+box+set

É de aproveitar, vai esgotar em pouco tempo novamente... ainda o mês passado estava à venda pelos "abutres" por cerca de 500 dólares!
Abraço

Rui Bastos disse...

Keep 'em coming, que eu vou adicionando à lista xD

Tenho que investigar bem essas coisas...

Abraço!