sexta-feira, 17 de julho de 2015

Insólito


Autor: Loustal


Opinião: Um livro curto e engraçado. Está tudo dito. Gostei de ler, mas nada por aí além. a verdade é que isto é uma leitura que assenta muito melhor à minha namorada (que me emprestou o livro), do que a mim.

O humor entre o nonsense e o levemente mórbido, é um tipo de humor que ela aprecia bastante, especialmente quando bem feito, como está neste livro. Mas não é um tipo de humor que me fascine. Nonsense por nosense, venha o humor britânico.

No entanto bastam lerem a sinopse para perceberem que este não é um livro normal, com histórias normais. Todas elas têm algum pingo de impossibilidade que as tornam bem mais interessantes do que aquilo que são realmente, porque a arte está boa.

Essa sim, assenta que nem uma luva neste livro. E nem sequer é nada de especial, mas está estranhamente (ou não) adequada à coisa, o que é simplesmente fascinante.

Ou seja: aconselho, sim, mas de espírito aberto. Se forem à espera de encontrar uma história com um fio condutor muito óbvio, vão ler qualquer coisa que esteja na moda. Isto são histórias curtas que ocasionalmente não fazem uma pinga de sentido. O que por um lado é bom, mas por outro... Enfim.